Anuncie aqui topo
Anuncie aqui topo
Anuncie aqui topo
Entretenimento

Estrutura chega para live de Luan Santana no Pantanal, foram 24 horas de barco.

No meio do Rio Paraguai e sem internet, Luan usará sistema de satélite para garantir transmissão.

20/11/2020 10h30
Por: Redação-1
Live em prol do pantanal.
Live em prol do pantanal.

Duas carretas chegaram a Corumbá com equipamentos e uma baita estrutura para a live de Luan Santana, que será realizada no próximo domingo, às 16h, numa chalana ancorada no meio do Rio Paraguai. Estrutura e parte da equipe já estão no meio do Pantanal organizando tudo.

Assessoria de imprensa do cantor informou que duas estruturas de barco hotel serão utilizadas para realização do movimento “O Pantanal Chama”. Além da apresentação musical que será transmitida ao vivo no Youtube, Luan prepara ainda um leilão de um de seus figurinos mais marcantes usado em seu recente DVD, “Viva”. A doação será revertida para a instituição Arara Azul.

Cayamã o primeiro barco, viajou na quinta-feira com toda equipe técnica para fazer a montagem do cenário. Nesta sexta-feira, outro barco hotel, o Lord, vai levar equipe de sonorização e banda que deve encontrar o barco só no dia 21, já que ele demora cerca de 24 horas para chegar no ponto de ancoragem.

Mesmo com todo equipamento de sonorização e iluminação, a equipe informou que não haverá nenhum cenário temático. A ideia é que a cenografia não tira a atenção do principal cenário, o Pantanal, um pedido de Luan Santana.

O local não tem energia muito menos acesso a internet. Segundo a equipe, uma estrutura de sinal de satélite também já está no local e em pleno funcionamento. Testes foram feitos há mais de uma semana e promessa é que não haverá queda de sinal.

Luan vai cantar em palco que será montado numa piscina do barco hotel e o público virtual prestigiará junto do cantor o belo pôr do sol pantaneiro. “A ideia é mostrar o entorno e a beleza do Pantanal. O máximo que vamos ter é iluminação e painel”.

Luan segue ensaiando e só deve chegar a Corumbá neste sábado para encontrar com a equipe no Rio Paraguai.

O músico diz que o Pantanal guarda suas melhores lembranças.

“Meus melhores momentos em família quando criança, minhas melhores férias. O descanso perfeito e de paz.

Foi no Pantanal que aprendi a pescar, devolvendo à natureza o que pegamos, claro. São muitas lembranças e eu tive a chance e honra de conhecer e desfrutar do Pantanal por várias vezes. É um contato tão forte com a natureza que você se sente em conexão direta com Deus”, diz.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários