Anuncie aqui topo
Anuncie aqui topo
Anuncie aqui topo
Arrependido!

Advogado escreve carta de arrependimento por acidente que causou a morte de PM no trânsito

No interior do veículo que causou o acidente, foi encontrada uma garrafa de vodka pela metade

23/10/2020 05h02
Por: Redação
Carta de arrependimento é escrita por advogado que matou PM no trânsito (Reprodução/Internet)
Carta de arrependimento é escrita por advogado que matou PM no trânsito (Reprodução/Internet)

O advogado Helder da Cunha Rodrigues, que está preso desde a segunda-feira (19) pelo envolvimento na morte de um policial militar em acidente de trânsito. Escreveu uma carta de arrependimento. Uma garrafa de vodka foi encontrada pela metade dentro veículo. A carta foi entregue ao defensor Pedro Paulo Sperb Wanderley.

“Não estou discutindo conduta ou razão, mas meus atos contribuíram na morte de alguém muito importante para a sociedade, peço perdão a família e amigos e a instituição a qual me representa, a Ordem dos Advogados do Brasil, bem como a todos que de alguma forma sofreram ao receber essa notícia. Peço perdão a Deus, a minha família, amigos e conhecidos, muitos sabem da minha índole do quanto eu batalhei e lutei para me tornar advogado.” (sic)

Entenda:

Conforme boletim de ocorrência, Helder estava dirigindo um Chevrolet Cobalt pela Av. Ministro João Arinos, quando houve a batida com uma Yamaha XJ6, que trafegava pela Av Centaurea. Uma testemunha disse que Helder apresentava visível estado de embriaguez, se apresentou como advogado e, logo em seguida, fugiu sem prestar socorro à vítima.

Veja:

 

Fonte: JD1

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários