Anuncie aqui topo
Anuncie aqui topo
Anuncie aqui topo
Saúde

Secretário de Saúde de MS se preocupa com negação da população em relação a situação da pandemia

Número de pessoas que procuram as unidades de saúde para fazerem os testes de detecção da doença caiu e no feriado prolongado foram registradas aglomerações e festas em vários locais.

14/10/2020 07h30
Por: Redação

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, destacou nesta terça-feira (13) que está preocupado com a negação da população em relação a situação da pandemia de Covid-19.

Disse que isso se reflete na queda da procura pelos testes para a detecção do novo coronavírus. O Lacen, em Campo Grande, que tem capacidade para fazer até 1.800 testes por dia e hoje está com apenas 393 na fila para serem realizados.

Desde o início da pandemia já foram realizados no estado 289.506 testes.

O secretário comentou que essa negação foi perceptível também no feriado prolongado, onde houve aglomerações e festas em vários municípios, principalmente os turísticos. Ele acredita que se esse cuidado básico não foi tomado, as regras de higiene e o uso de máscara também foram ignorados.

Alertou que como o vírus continua a circular em todo o estado, quando mais aglomeração, maior a possibilidade de contágio.

Resende comentou que espera que essa situação não se reflita em um novo aumento de casos nos próximos 14, 20 dias, porque a doença está em um processo de desaceleração atualmente no estado.

Hoje foram confirmados mais 237 novos casos, o que fez com que a média móvel dos últimos 7 dias caísse para 361,4. A taxa de contágio permanece em 0,96% e o total de infectados chegou a 75.076.

Também foram registradas mais 9 mortes provocadas pela doença. A média móvel de óbitos recuou para 10,4, nos últimos 7 dias e o total de mortes desde o começo da pandemia atingiu 1.449.

Outro indicador positivo foi o da diminuição do número de internados. Caiu para um patamar abaixo dos 400. Hoje 390 pessoas hospitalizadas pela doença, sendo 201 em leitos de terapia intensiva (UTI)

A taxa de ocupação de leitos de UTI disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) está em 44% no estado.

Mato Grosso do Sul tem 69.771 pessoas que se recuperaram do Covid-19, o que representa 92,3% do total de infectados.

Fonte: G1

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários