Anuncie aqui topo
Anuncie aqui topo
Anuncie aqui topo
Acidente

Helicóptero da Força Nacional cai durante combate a fogo no Pantanal

.

09/10/2020 08h24
Por: Redação

A Marinha fez o resgate e os militares estão sendo transportados em UTI área do governo de Mato Grosso

Um helicóptero enviado pela Força Nacional para ajudar a controlar os incêndios no Pantanal caiu, nesta quinta-feira (8). O acidente foi registrado na região de Porto Jofre, em Poconé, no Mato Grosso (a 100 km de Cuiabá), que fica na divisa com Corumbá (MS), onde se concentra as equipes de combate ao fogo. Os três tripulantes da aeronave estão sendo encaminhados para receberem atendimento médico.

De acordo com site Gazeta Digital, as informações foram repassadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP) e dão conta que o helicóptero está sendo utilizado na Operação Pantanal II, uma das iniciativas de combate às queimadas no bioma mato-grossense.

A bordo da aeronave estavam o comandante Renato de Oliveira Souza, da Polícia Civil do Distrito Federal, além do copiloto Luiz Fernando Berberick da Polícia Civil do Rio de Janeiro e do segundo sargento da Polícia Militar Emerson Miranda Martins, também do Rio de Janeiro. Um dos tripulantes sofreu fratura exposta na perna.

Ainda segundo a pasta, os tripulantes foram resgatados por helicóptero da Marinha do Brasil e, neste momento, estão sendo encaminhados à Capital. Eles são atendidos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer).

A aeronave partiu da cidade de Corumbá (MS), por volta das 12h desta quinta-feira com destino ao município de Porto Jofre. Contudo, cerca de 7km antes da parada final, o helicóptero caiu.

A causa da queda ainda é desconhecida. 

Fonte: Agência Brasil

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários